Páginas

quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

O QUE SERGIO CABRAL E O (EX) GOLEIRO BRUNO TÊM EM COMUM?

Educação rasa, acima de tudo e em primeiro lugar. Mas não é só. Além disso, em algum momento de suas vidas eles passaram a achar, erroneamente, que por estarem em posição de poder lhes seria permitido ultrapassar qualquer limite ético ou códigos de conduta sociais, mesmo que rudimentares. O mundo corporsativo também está coalhado desses tipos.

Cidadãos que ocupam cargos de grande visibilidade pública deveriam ter obrigação de entender os princípios da comunicação. E quando não sabem, devem procurar ajuda externa e seguir rigorosamente as recomendações dos especialistas. Estariam fazendo um favor a eles mesmos e à sociedade.

Dias antes de explodir na imprensa o assassinato de Elisa Samudio, Bruno declarou que “todo homem casado já tinha, em algum momento, dado umas porradas na mulher”. Esta frase infeliz e imbecil foi uma tentativa de defender o indefensável Adriano-Imperador, também jogador de futebol problemático, que tinha agredido a namorada.

SIMILARIDADE

Eis que ontem, não satisfeito em ter protagonizado o vexame de indicar publicamente um ministro sem autorização da futura presidente, Sergio Cabral, sem qualquer vestígio de polimento que a liturgia do cargo exige, declarou a uma plateia : "quem aqui não teve uma namoradinha que teve de abortar?".

Leitores, Sergio Cabral não estava na mesa de um boteco ou de sua casa com amigos. Ele falava a um grupo de empresários sobre.....sim, aborto. Não era uma conversa privada, onde eventualmente falamos coisas das quais nos envergonhariamos de dizer publicamente. Era uma missão oficial, um governador de Estado falando sobre um tema polêmico, sensível e extremamente delicado, a um grupo de empresários, durante o Exame Fórum - Rio de Janeiro - Oportunidades de Investimentos e Negócios.

Evidentemente não é minha intenção levar a discussão para o viés da moral ou religião. Primeiro porque padre nenhum pauta a minha vida, e, segundo, em minha opinião, o Vaticano é apenas um bom produto marqueteado, e como tal não tem legitimidade para legislar sobre o tema.

Existem foruns mais e melhor preparados para isso. Minha mais absoluta surpresa foi ouvir um tema dessa magnitude ser tão relezmente tratado por um Chefe de Estado, de quem se espera respeito e compreensão mínima das questões que cercam e impactam os cidadãos que o elegeram.

A frase do (ex) goleiro Bruno não foi tão chocante quanto a de Sergio Cabral porque, sabemos agora, trata-se de uma mente perturbada pela ascensão sócio-profissional: um menino pobre, cujas raízes familiares foram truncadas desde cedo, sem educação formal e de uma hora para outra com um salário que beirava meio milhão de reais por mês.

Ao contrário, Sergio Cabral, pelo menos aparentemente, teve todas as oportunidades do mundo para estudar, viveu num ambiente cultural intenso (proporcionado por seu pai, jornalista e profundo conhecedor de música popular).

Ou seja, apenas a arrogância e a falta absoluta de entendimento de sua posição na sociedade é que podem explicar um comportamento tão ralo e tão deselegante. A mensagem não verbal sobre as “namoradinhas que fizeram aborto” foi tão contundente que não deixa dúvida sobre seu comportamento machista, prepotente e despreparado.

Cabral poderia ter se livrado de mais um vexame se quieto permanecesse. Mais uma vez em menos de um mês ele dá mostras do quanto precisa aprender ainda para se comunicar em público.

Sergio Cabral deve estar sofrendo da síndrome do sucesso repentino (vem daí uma das semelhanças com Bruno) e para esse mal não tem remédio, exceto ser ridicularizado pelas costas, como tem sido às pencas.

Uma pergunta ainda martela minha mente: sentiram-se incomodados os homens presentes a esse encontro? Houve aderência de ideias? Prefeiro acreditar que não e que em pleno século XXI já existam homens que compreendem que as “namoradinhas que tiveram que abortar” sofreram traumas na maioria das vezes incuráveis e muitas delas não sobreviveram para contar a história, porque praticaram o aborto em clínicas clandestinas sem qualquer condição de higiene, por profissionais desquaificados e muitas vezes alheios à medicina. Grande parte das “namoradinhas que tiveram que abortar” o fizeram sozinhas, abandonadas à própria sorte, embora o produto do aborto tenha sido obra de um casal, um homem e a “namoradinha” (no diminutivo, evidentemente).

Eu espero, do fundo do meu coração, que a namoradinha de Sergio Cabral que teve que abortar possa ter tido melhor sorte (já que ele diz que “todo homem já teve uma namoradinha que teve de abortar. E até onde se sabe ele pertence ao gênero masculino).

Serginho Cabralzinho está se superando. Pobre do Rio de Janeiro com seus políticos infames. Aliás, os cariocas conseguiram eleger uma dupla imbatível. Apenas para dar nome aos bois em mais uma pérola da política carioca, numa reunião semanas atrás para tratar de um benefício que seria concedido à população de baixa renda, o prefeito Eduardo Paes pediu que fosse aplaudido. “Podem aplaudir, porque a gente gosta”, disse o prefeitinho. Tenho muita pena da assessoria desses caras.

O Rio de Janeiro continuia lindo, sim. E até por isso merece mais respeito de suas “autoridades”. Que o governador usasse desse linguajar em sua casa, na intimidade com seus pares, lá vai, afinal, a ignorância de alma não tem cura. Mas daí a achar que o Palácio Guanabara é o seu quintal vai uma grande distância. Haja media-training!!!

3 comentários:

Robson Lelles disse...

Carta aberta ao Sr. Sérgio Cabral neste link:
http://brasillivreedemocrata.blogspot.com/2010/12/carta-aberta-ao-governador-sergio.html

Arnaldo Ribeiro disse...

JESUS CRISTO LIVRA A FAMILIA TERRENA DO MAL DO ABORTO COM O PODER DA FÉ: (ES.57.2) - (LE.6.1) – Há um mal que vi debaixo do sol, e que pesa sobre os homens: (DT.13.11) – E todo o Israel ouvirá e temerá, e não se tornará a praticar maldade como esta no meio de ti; (JR.15.5) – pois quem compadeceria de ti, ó Jerusalém? (LE.5.18) – Eis o que eu vi: (EC.25.26) – Toda a malicia é leve em comparação da malicia da mulher, sobre ela caia a sorte dos pecadores: (ÊX.32.31) - Ora, o povo cometeu grande pecado, fazendo para si deuses de ouro: (SL.57.2) – Clamarei ao Deus Altíssimo, ao Deus que por mim tudo executa: (LM.2.20) – Vê, Senhor, e considera a quem fizeste assim! Hão de as mulheres comer o fruto do seu carinho? Ou se matará no santuário do Senhor, o sacerdote e o profeta? (JÓ.10.18) porque, pois, me tiraste da madre? Ah! Se eu morresse antes que olhos nenhuns me vissem; (JÓ.81.16) – ou, como um aborto oculto, eu não existi ria, como crianças que nunca viram a luz:(JÓ.5.4)–Os seus filhos estão longe do socorro, são espezinhados as portas e não há quem os livre: (LE.8.11) – Visto como não se executa logo a sentença sobre a má obra, o coração dos filhos dos homens está inteiramente disposto a praticar o mal: (HC.2.2) – O Senhor me respondeu e disse: (IS.7.7.) – Isto não subsistirá nem tampouco acontecerá: (ÊX.23.26) – Na tua terra não haverá mulher que aborte, completarei o numero dos teus dias; (1CO.15.45) – pois assim está escrito:(AR.916.64)

(Na pagina 156 da Bibliogênese: São 973 letras e 56 sinais que revelam isto):

Eu sou o Espírito do Senhor Deus, do vosso Pai Eterno, que testei as almas dos filhos de Adão e Eva na minha Lei, e que hoje diz a verdade aos Homens e as Mulheres, na ação de um Santo Profeta que crê, ama, luta e tem falado por mim: Escutai, entendei, amai e lutai; pois haverá bom futuro no Homem que se faz filho do amor, e que se levanta como esse Ser Espiritual iluminado, como o Cristo: Agora existe outro Cristo com o poder do seu Deus, e não haverá mais a malicia do diabo, nem o abominável mal do aborto; porque aqui o Filho do Homem decreta e promulga esta sentença na Santa Lei de Deus: Quem praticar o aborto na obra da criação, cometerá uma loucura e um pecado imperdoável, pois o aborto provocado será considerado como crime de morte na terra do futuro povo Cristão: Então, tanto os homens como as mulheres já passaram a ser pecadores conscientes à luz do saber de Israel, e também não poderão escapar da mão do Senhor, como execu-tores desse crime: Testemunhai que Cristo veio ensinar aos Cristãos como executar as nossas leis e estatutos, e a espiritualizar as almas das crianças, ao ler à si: O Senhor Deus provou aos Homens e às Mulheres que eu existo como o Cristo? E seguireis o nosso Espírito que não mor-rerá? (IL.973.56)

Arnaldo Ribeiro disse...

REPATRIANDO PARA JERUSALÉM O POVO DE ISRAEL QUE PERMANECIA EXILADO NA BABILÔNIA, CULTUANDO DEUSES FAJUTOS E PADECENDO SOB O JUGO DE PECADOS INCONSCIENTES: Até o dia 30.09.1985, poucos entendiam o significado disto: (AP.17.5) – BABILÔNIA, A GRANDE, A MÃE DAS MERETRIZES E DAS ABOMINAÇÕES DA TERRA: (IS.16.14) – AGORA, PORÉM, O SENHOR FALA E DIZ: (LE.1.12) – EU, O PREGADOR, VENHO SENDO REI DE ISRAEL EM JERUSALÉM; (JÓ.34.30) – PARA QUE O IMPIO NÃO REINE E NÃO HAJA QUEM ILUDA O POVO: (JR.29.20) – OUVI, POIS. A MINHA PALAVRA, TODOS VÓS, OS QUE ENVIEI DE JERUSALÉM PARA O EXILIO DA BABILÔNIA; (1PE.4.17) – PORQUE A OCASIÃO DE COMEÇAR O JUÍZO PELA CASA DE DEUS É CHEGADA: (LV.17.12) PORTANTO, TENHO DITO AOS FILHOS DE ISRAEL: Agora todo mundo entenderá que os donos da mídia, os gentios, e todos os desalmados que escondem da nossa gente a herança que a Ação do Amor tem legado aos futuros Cristãos, através da Bibliogênese de Israel; JÁ PASSARAM A SER PECADORES CONSCIENTES, pois sabem que perpetuam a ignorância dos descrentes que continuarão na Babilônia praticando o mal da mentira, da idolatria, da imoralidade, da prostituição, dos casamentos ilícitos, do aborto, da corrupção, da injustiça, da violência, das guerras, e de muitos outros pecados abomináveis; que têm infernizado a vida terrena: Todavia, graças à Esta Providência Divina, é assim também que já iniciamos o repatriamento dos Seres Vivos para Jerusalém - a terra prometida -, segundo a soberana vontade De Deus: (MT.810) – OUVINDO ISTO ADMIROU-SE JESUS E DISSE AOS QUE O SEGUIAM: (LC.8.45) - ALGUÉM ME TOCOU, PORQUE SENTI QUE DE MIM SAIU PODER: (JB.15.22) - SE EU NÃO VIERA, NEM LHES HOUVERA FALADO, PECADO NÃO TERIAM, MAS AGORA NÃO TEM DESCULPA DO SEU PECADO; (1TS.4.3) – POIS ESTA É A VONTADE DE DEUS: (JB.15.25) – ISTO, PORÉM, É PARA EU QUE CUMPRA A PALAVRA ESCRITA NA SUA LEI: (AP.18.10)– AI! AI! TU, GRANDE CIDADE, BABILÔNIA, TU PODEROSA CIDADE!, POIS, EM UMA HORA, CHEGOU O TEU JUIZO; (2CO.10.7) – OBSERVAI O QUE ESTÁ EVIDENTE, no âmago dessa parábola:
(JR.50.46) – AO ESTRONDO DA TOMADA DE BABILÔNIA, ESTREMECEU A TERRA; E O GRITO SE OUVIU ENTRE AS NAÇÕES:
(São 72 letras e 4 sinais que gritam entre os Seres que já estão despertos):
DEUS TESTOU A GENTE NA VIDA ETERNA DE SÁBIO, E EU TESTO O CORAÇÃO SEM AMOR: ARNALDO RIBEIRO